Som Espanhol: Conheça The Sweet Vandals, The Excitements, Corizonas e Outros!

Som espanhol: Conheça The Sweet Vandals, The Excitements, Corizonas e outros!

Espanhol

A música espanhola vai muito além do tradicional flamenco. Com bandas de diversos gêneros que juntam sons de vários lugares, na Espanha o que não faltam são bandas ecléticas que dão vida a diversos estilos.

Neste artigo, vamos conhecer um pouco mais de algumas bandas espanholas que não estão no radar dos lançamentos mais famosos, mas que fazem um bom trabalho e são reconhecidas por lá.

The Freak Fandango Orchestra — Classificada como uma banda multiétnica, em fevereiro deste ano o grupo realizou o seu último concerto. Formada em 2006, a The Freak Fandango Orchestra conquistou seus fãs com um som muito animado e de grande variação instrumental.

Ao vivo, a banda fazia questão de ser muito animada. Com shows que tiravam todo mundo do chão, a The Freak Fandango Orchestra misturava punk, punk-rock, gypsy e polca. Eles sempre tiveram suas raízes em Barcelona e com uma identificação bem grande com a turística capital catalã, que também é muito eclética e multicultural. Inclusive, o último show deles foi realizado por lá, no Diobar.

Em 12 anos de carreira, eles lançaram dois álbuns. O primeiro, intitulado de Tales of a Dead Fish veio em 2011, enquanto o Wild Goats and Useless Heroes saiu em 2014.

 

 

The Excitements — Também de Barcelona, esta banda tem como principal gênero o rhythm blues e soul. Diferente de outras bandas espanholas, esta tem como principal idioma o inglês. Entre as principais referências do trabalho deles, estão Etta James, Tina Turner, Wilson Pickett e outros. O grupo é composto por sete integrantes que fazem um som bem trabalhado por trás da potente voz de Koko-Jean Davis.

Desde 2011, eles já lançaram três álbuns. O primeiro foi The Excitements, o segundo Sometimes Too Much Ain’t Enough e o último Breaking the Rule, divulgado em 2016. Na turnê do último álbum, a banda percorreu 15 países e também esteve no Brasil.

 

 

The Soulbreaker Company — Uma banda com muito tempo de estrada, esse grupo de rock espanhol foi formado em 2003 e desde então vem trazendo um som pesado e as vezes psicodélico.

Vários trabalhos já foram lançados da banda. Ao todo, seis discos, sendo o último La Lucha, divulgado em 2016. Com muito sucesso em solo espanhol, a The Soulbreaker Company tem no álbum Ítaca, de 2010, o maior reconhecimento do grupo, quando a revista Popular 1 elegeu esse disco como o melhor do rock espanhol daquele ano.

 

 

Corizonas — Mais um rock espanhol, o Corizonas mescla entre inglês e espanhol. Muito conhecido na Espanha, essa banda já lançou três álbuns: The News TodayNueva Dimensión Atual e Más Allá, respectivamente.

A banda é uma união dos grupos Arizona Baby e Los Coronas, e desde então tem feito sucesso no cenário do rock espanhol — não é raridade essa banda com shows em teatros e festivais. O penúltimo álbum deles, intitulado de Nueva Dimensión Atual, foi inteiro gravado em espanhol.

Além das tradicionais guitarra e bateria, o rock dessa banda também tem a presença de instrumentos de sopro e banjo. A música mais conhecida deles, Run the River, do primeiro álbum, já tem mais de 500 mil plays no Spotify.

 

 

Brutus’ Daughters — Com um som mais alternativo, a Brutus’ Daughters, formada em Madrid, completa 10 anos em 2018. De formação do punk clássico, esse grupo de seis integrantes mistura o punk-folk com gaita asturiana e violino.

Além das canções em inglês, eles também cantam em espanhol e asturiano. A banda tem orgulho de carregar um cunho social em suas composições, visto que muitas das letras das músicas da Brutus’ Daughters são carregadas de protesto. A discografia contém três álbuns: When The Pubs Are Dying…Folk Ashes Remain UnbeatenBeating Beyond Folk Ashes e Hueso y Madera, respectivamente.

 

 

The Sweet Vandals — Com uma pegada de blues, soul, jazz e funk, o The Sweet Vandals é uma banda de Madrid formada em 2005. Com já quatro álbuns lançados, o grupo teve muito sucesso internacional na última década.

Após o lançamento da música I Got You Man e a publicação do segundo álbum (Lovelite), eles entraram no radar da Europa e tocaram em países como Finlândia, Suíça, Holanda, Bélgica, Itália, México e tantos outros. No último trabalho da banda, que veio em 2014, o álbum After All não conseguiu repetir o mesmo sucesso dos dois primeiros.

 

Enjoy o/

Sobre Cristian Farias

Admin e criador do http://euescuto.com.br
Categoria(s): Funk, Gypsy Punk, Punk, Punk Rock, Rhythm Blues, Rock, Soul